20/01/2006

Inventário: Alarme anti choque cultural

Image hosted by Photobucket.com

Tenho uma ideia...
Porque não inventar um alarme anti choque cultural? Passo a explicar...

Viver num outro país implica viver numa cultura diferente e por vezes pode haver choques.
Por isso, podia ser inventado um mecanismo que os prevenisse.
Seria um dispositivo ligado directamente ao cérebro que libertaria endorfinas para relaxar o corpo sempre que se estivesse perante um potencial choque cultural.
Posso dar exemplos de situações que acontecem por aqui em Inglaterra, em que o alarme seria activado:

- Na presença de bêbados insuportáveis arraçados de hooligans.
- Na presença de louras estúpidas com mini saias e tops, ainda que estejam -123º celsius na rua.
- Quando se tem de olhar para ver se um carro vem na nossa direcção e de repente nos lembramos que estamos a olhar na direcção errada.
- Quando decidem misturar a porcaria do leite com o chá.
- Quando me lembro que o único prato verdadeiramente típico Inglês é o Fish & Chips.
- Quando dizem o meu nome, sem o conseguirem dizer.
- Quando me perguntam pela 3456ª vez se em Lisboa estava mais quente e fazia sol.
- Quando me dizem que os portugueses são um povo trabalhador (hmmm... esta não activava o alarme, apenas me faria rir até não conseguir respirar mais...).
- Quando "carinhosamente" nos chamam de "vocês do continente" (por vezes sinto-me como se estivesse na Madeira).
- Quando um café expresso é mais caro que uma tablete gigante de chocolate Milka ou um CD virgem, metade do preço de um pequeno almoço Inglês completo ou de uma refeição no refeitório dos estudantes e apresenta diferentes preços em 30 locais diferentes na mesma universidade (sendo obviamente mais barato nos locais para os professores).
- Quando acham que torrada com feijões é a melhor coisa do mundo.
- etc etc etc

Bom... é melhor pensar numa boa bateria para o alarme. Ele vai tocar muuuuuuuuuuitas vezes.

9 comentários:

inixion disse...

ui...iria "beep beep" tons de xsz..resmas..

hugi

ubik disse...

deixa-te de merdas e vai salvar a baleia.

gaZpar disse...

a baleia não quer ser salva. é uma tentativa de suicídio. ela tomou essa opção. já é crescidinha para tomar decisões. tem umas 20 toneladas!

Kraak/Peixinho disse...

Está bem visto o teu post! Diferenças há em todo lado, mas acho que a Inglaterra abusa na quantidade, LOL. E olha que não são só os portugueses que o dizem :)

Hugzz com sidra

av disse...

Isto para não falar no frango com molho de chocolate que queriam que eu comesse quando aí estive...

gaZpar disse...

Isso não seria a comida mexicana "Mole"? ;)

Urso disse...

Mesmo aqui, para nós, os do continente, um dispositivo desses seria de grande utilidade! :)

abraços

Jonsi disse...

E o que é que fazia quando tocasse o alarme?? :P

gaZpar disse...

Fugia?! eh eh