07/06/2006

O meu poema simples VIII: o tempo avançou neste espaço de mundo

Nada mudou a não ser o tempo, desde que me ausentei.
O mundo continua parado em estado nada avançado.

A engrenagem continua encravada, encalacrada.
Nada mudou e o mundo não avançou neste espaço de tempo... apenas o tempo avançou neste espaço de mundo.

Ps- Obrigado a todos os "comentadores" pelos votos de boas férias. ;)

4 comentários:

inixion disse...

Nada mudou de Facto.. ;) mas espero que tenhas aproveitado a lacuna neste espaço-tempo ;)

hugs

gaZpar disse...

Aproveitei sim. :) Mas depois quando se volta... é como se nunca tivesses saído. Tudo na mesma como a lesma.

ez disse...

Bright Boy!

Se reparares bem.. até a lesma não é a mesma!
Quanto ao tempo, um abraço a compasso!
:)

gaZpar disse...

Obrigado pelo reparo. eh eh
abraço