06/06/2007

Limiar da ânsia

"No limiar da ânsia de liberdade com a ânsia de sentir..." (ver comentários do post anterior)

Com dificuldade de dizer olá perante a possibilidade do adeus.
Com receio da tristeza escondida do outro lado da alegria.
Com a dúvida do querer mas nao querer querer.
Com a razao em permanente guerra com o coraçao.
Com a vontade de rir ali tao perto da vontade de chorar.

Com vontade de esquecer a ânsia que vem da dist
ância.
A
distância de um passo, entre um lado e o outro.
Um lado, no limiar da ânsia do outro.

Para mais informaçoes, consultar: Joakim - Lonely Hearts

11 comentários:

Tong Zhi disse...

Ai Mr Gazpar, isso é mais que um dilema, é um trilema ou polilema
he he he

inixion disse...

...que turbilhão... :)

lampejo disse...

Sentimentos tão oposto, mas por vezes tão próximos e complementares...

brother_cub disse...

o meu comentário deu origem a um post...?
e bom sentir que desperta-mos algo, nem que seja um post...
não tenhas receio da liberdade... nem mto menos de sentir... mesmo que isso possa trazer sofrimento... acredita na luz no fundo do tunel com a recompensa... merecida:)

gaZpar disse...

tongzhi: pois. mais parece uma doença de que sofro. sofro de "polilema severo". hehehe

inixion: pois... um espelho dos últimos tempos.

lampejo: 2 faces da mesma moeda. ;)

brother_cub: és a minha musa. hehehe O meu receio é apenas a "instabilidade" resultante da proximidade dos dois lados...

brother_cub disse...

querido gazpar... deixa o tempo decidir... e o coraçao decidir...

gaZpar disse...

eu sei, eu sei. ;-)

MrTBear disse...

E não andamos sempre no limiar??
"O fio da navalha" de W. S. Maugham se calhar era uma boa leitura de fim de semana.
Bom fim de semana

gaZpar disse...

Pelo título parece-me bem apropriado. :-)
Bom fim de semana!

Graven disse...

Quão refrescante é o trovejar da tua nuvem... ressonâncias existenciais :)

gaZpar disse...

Bora lá criar o "Nuvens Cinzentas Anónimos"? :-)
hugzzz fraternos