06/03/2008

Glass breaker, freezer destroyer, paper spreader ou... as histórias de um noctívago doméstico trabalhador desastrado!


Bom... mais um fim de semana, mais desastres.
Decido fazer uma "limpeza" ao conteúdo do congelador ultra-hiper-mega-refixe-cheio e após algumas tentativas forçadas para o fechar e vários "tem calma", "tira isto", "tira aquilo", "tem calma" e "tem calma"... eis que um grande estalo se ouve.
Não! Nãaaao! O frigorífico é da senhoria e fui logo partir a porta do congelador.
Ok. Relaxa. Respira. Pensa no senhor dos Pilates que já está a dar voltas na tumba de tanta agitação!

Ok. Jantar. Relax. Sair. Noite. Dançar. Copos. Copos?!! Copos?????
"Tem cuidado. Pousei o copo atrás de ti. Agora vê lá não o deites ao chão, desastrado que tu és!". "Está descansado. Não vou fazer!"...
Não vale a pena. É o meu karma, o meu destino. É a minha assinatura cósmica neste universo. Sou desastrado! Crash! Copo no chão. Claro! Não valem a pena avisos. É inevitável. Faz parte de mim. Desastradice mental!

Já para não falar que não saio à rua, sem tropeçar nos passeios ou estrada pelo menos uma vez.

Já para não falar também que até no trabalho isso acontece. Veja-se o que aconteceu hoje...
"Ok. Vou só tirar esta cadeira e ponho os dossiers e os papéis em cima dela, em cima da mesa." Zás! Todos os papéis no chão. Os colegas riem... O chefe diz: "Fogo! Ainda és pior que eu!"
Fim da reunião. "Ok. Vou-me embora. Vou voltar a por a cadeira no sítio, com os papéis em cima dela". Resultou! Nada caiu. Afinal consigo vencer o karma!... Minutos depois sai uma colega do gabinete: "Nem imaginas! Mal saiste do gabinete caiu tudo no chão! Fartámo-nos de rir!"...

Ok... Karma is a bitch.
But you have to admit that sometimes is a funny clumsy bitch!

Para mais informações, consultar em baixo o vídeo "Breaker" dos Low.

10 comentários:

Mikael disse...

Ok, ganhaste. Nem vou tentar rivalizar contigo. De qualquer das maneiras quando fores a passear tropeçares e uns passos à frente vires outro gajo a fazer a mesma figura diz-me olá. LOL

Abraço e respira fundo

gaZpar disse...

Ganhei o concurso do maior desastrado do planeta Terra e arredores? weeeeeeeee! :D
ok companheiro do "tropeçanço". Combinado!

Catatau disse...

Menino!... Que sobressalto ambulante! :))
Tu és um poço de peripécias escangalhadas, rsrsrsrs.
Olha, o que se me oferece dizer é que pelo menos a vida ao pé de ti é uma surpresa constante, ah ah ah ah.
Não. Não vai passar com a idade, mas não deixa de te dar carisma. :D

gaZpar disse...

Qual Tsunami qual quê!? Fujam de mim. hehehe
Pois... eu até ponho aqui as fotos para não pensarem que eu invento estas coisas! É tudo verdade. Sou naturalmente desastrado!
Sim... pelo menos ninguém se aborrece ao pé de mim! E nem quero que passe com a idade. É uma das minhas imagens de marca. hehehe
abraço!

Aequillibrium disse...

O importante, não é quantas vezes se tropeça... é a maneira como se tropeça. O truque está em tropeçar com estilo, deitar coisas abaixo com estilo...

LOL

;)


big hug

pinguim disse...

Descansa, não estás só; então nos tropeções...nem se fala.
Abraço.

MrTBear disse...

Cá na minha terra diz-se que é sinal de que alguém está a pensar em nós e nos quer falar, por isso deixa de encarar isso como um Karma e trata de saber quem é que passa a vida a pensar em ti LOL
É só ver o lado positivo das coisas....

gaZpar disse...

Aequillibrium: Ser um desastrado com estilo. Parece-me uma excelente ideia. hehe Quem sabe simular um passo de dança quando tropeço?! :D hugzzz

pinguim: Podíamos criar o "Clube do Tropeçanço"! ;-)

MrTBear: Ok. Pelos vistos pensam em mim a toda a hora. Que privilegiado que sou! hehehe

heartvibes disse...

Por acaso até acho que pensam em ti a toda a hora... quanto ao resto eu acho imensa piada desde que não te magoes e a queda seja sempre para o meu lado :)

beijo grande

gaZpar disse...

Sim. Acho que sim. Tenho sorte nesse aspecto, presunções à parte. :-)
Sim, pelo menos sei que me podes amparar. ;-)
beijito!