20/01/2007

Pensamentos caústicos XVII: sapos

Não consigo engolir sapos.
Deve ser da minha garganta
estreita...

8 comentários:

Tongzhi disse...

xiiiiii

Por vezes, nem com muita água :)

gaZpar disse...

Sim... também não vou em "banhadas". ;)

inixion disse...

deixa..........os sapos sabem mal!

gaZpar disse...

sim. quando se engole um fica-se com um mal-estar que demora muito tempo a desaparecer... ;)

Lampejo disse...

Então não engulas, deita-os fora...
;)

gaZpar disse...

Nem chegam a entrar muitos deles. Eu não deixo. ;)

Luísa disse...

Às vezes é bom ser estreito em algumas coisas...
Eu ultimamente tenho engolido espinhas... e algumas prendem-se-me na garganta.

gaZpar disse...

O estreito significa nem sequer dar oportunidade a entrar. ;)
Espinhas ainda é pior, porque ficam lá e demoram a sair. Tenta tirá-las de algum modo!

beijos