02/12/2005

Are you local?: League of Gentleman ao vivo

Image hosted by Photobucket.com

É assim no Reino Unido...
Faz-se uma série televisiva que alcança um relativo sucesso e aproveita-se esse sucesso para ir para a estrada e tentar alcançar outros públicos, no intervalo entre séries (ou no caso dos patrões não quererem continuá-la na TV...).
A "League of Gentleman" é disso exemplo (destronada apenas pelo mais recente sucesso da comédia britânica, denominado "Little Britain").
Para os que esperam ver um espectáculo similar à série televisiva, mas apenas com um cenário maior e interacção... desiludam-se. As personagens são as mesmas, mas o ambiente criado não faz juz à série. Como peça televisiva adaptada ao teatro, não traz muito de original.
Mas olhemos para a peça por si só e esqueçamos a TV. As coisas mudam de figura. Uma das melhores peças de teatro que já vi.
Numa primeira parte, tudo se passa à volta de uma audição para representar uma versão do nascimento de Jesus... oportunidade para eles incluirem a piada: qual a semelhança entre Harry Potter e a Bíblia? Ambos falam de um menino que faz coisas mágicas e têm o mesmo tamanho... Felizmente as piadas foram melhorando.

A segunda parte, dominada pela natureza humana esquizofrénica e negra que dá à série a sua qualidade. Descidas ao inferno, uma versão negra da cinderela (literalmente, pois o príncipe era negro... e a cinderela a mais feia da aldeia), um Carnaval do Rio adaptado a este universo, uma análise veterinária de uma vaca (com a ajuda de uma rapariga do público, que levou como presente gosma verde nos braços) ou um médium que (supostamente) fala com os mortos.
Os que parecem mais normais são talvez os mais loucos e os mais loucos, são sempre loucos. A perversão, sadismo, sarcasmo, ironia... tudo está lá.
O melhor? O casal dono da "Local Shop for Local People". Froid ficaria contente de os estudar como caso clínico, de tanta perversão que por ali anda. "Are you local???"
Algumas aprendizagens:
- A forma politicamente correcta de chamar anão a alguém:
People Of Reduced Growth; mas que também é um perigo, pois podem ser chamados de
PORGs (semelhante a Pork=carne de porco; gordo).
- "Never sleep with a pig, because if you do, both of you are filthy, but the pig enjoys it..."

Para finalizar, algo que traduz o estado de espírito associado à cidade onde decorreu o espectáculo:
- "Where do you come from my dear?".
- "Plymouth".
- "I am sorry...".
- "From Plymouth".
- "No... I meant, I am really sorry!"

28 Novembro- Plymouth Pavillions

4 comentários:

inixion disse...

hehehhe...acho que "captámos" lol :)

Tongzhi disse...

Concordo com Inixion, o "Captador"
hehehehehehehhe

gonn1000 disse...

Bah, mas eles não têm "Morangos com Açúcar no Teatro" :)



Sorte a deles, azar o nosso :(

Urso disse...

You must never say that you're from Portugal...

"Abrazos"