28/07/2006

Pensamentos caústicos XI

Nem todas as canções de embalar do mundo chegariam para afastar todos os nossos reais pesadelos.

7 comentários:

Anónimo disse...

Eu sugiro o WoW :)

Torna-te autista ainda hoje!


Dinis
(eu devia anotar o username/password de vez em quando)

gaZpar disse...

Hmmmm... ainda que viver no meu próprio mundo seja tentador, vou continuar a partilhá-lo por mais tempo.

Tu tinhas um username... mas já esqueceste! :P

abraço

Tongzhi disse...

Não há como usar sempre o mesmo username e password...

Luísa disse...

Não concordo... tenta imaginar a Ella a cantar-te o "Heaven"... não sendo proriamente uma canção de embalar, garantidamente afugentará todos os monstros que pssas ter debaixo da cama...

Já agora, isso dos pesadelos reais também é relativo... Acho que o segredo está na relativização das coisas. (e não na relatividade, nada de confusões...)

O meu Avô ensinou-me que devíamos pensar sempre coisas bonitas antes de adormecer para podermos ter (sempre) sonhos igualmente bonitos...
Será que pode funcionar na vida real?

Um grande beijo. Dos bonitos.
(sempre às ordens para te inspirar)

gaZpar disse...

Luísa: Ok. De facto ouvir o "Heaven" seria uma boa forma de afungentar os pesadelos. Concordo.
Os pesadelos reais dependem da perspectiva. Ao contrário do que possa transparecer das minhas palavras, até sou bastante optimista e acho sempre que por pior que seja a situação, pode sempre retirar-se algo de positivo. O que acontece é que por vezes o meu "realismo" é confundido com "pessimismo". ;)
Quanto ao que o teu avô disse existem de facto estudos em Psicologia que comprovam isso, mas esses mesmos estudos indicam que isso não acontece para toda a gente. Só funciona se tu acreditares que funciona. ;)

beijos inspirados e obrigado!

Lampejo disse...

Acabaríamos por "inventar" ou "reinventar" outros pesadelos...

gaZpar disse...

Pois... há pessoas que parecem ter esse "dom".
abraço!