12/07/2006

Extraterrestres e o choque cultural reverso

Faz algum tempo que descrevi a necessidade de ter um alarme anti-choque cultural.
Agora vejo-me perante o chamado choque cultural reverso...

Sinto-me como na série americana The 4400.
Fui raptado por alguém (supostamente extraterrestres) faz 10 meses e voltei como se o tempo, os dias e as noites não tivessem passado.
Tudo me parece diferente apesar de terem sido apenas uns meses.
As pessoas estão diferentes, os amigos diferentes, as lojas diferentes, o metro diferente.
Só os problemas permanecem o mesmo mais do mesmo...
E ninguém gosta da diferença... e tentam-nos fazer de algo que é passado e já passou!

E quem me raptou parece ter-me dado superpoderes...
O poder de ter menos paciência que antes e ter menos tolerância para com pessoas superficiais.
O poder de me fazer invisível perante ataques da ignorância.
A visão x-passa a perna, que me permite ver facilmente quando me tentam fazer de parvo.
A invulnerabilidade confundida com sentimentos de superioridade.

É tudo uma questão de adapt or die!
E a segunda não me parece uma boa opção!


Photobucket - Video and Image Hosting

8 comentários:

inixion disse...

just...readapt lol heheheh :)


para estraterrestres estamos cá nós..entre tantos outros aliens..

a diferença assusta...o crescimento pessoal tb..é bom saber-te ser evolutivo ;) hehehehe....faltam pessoas que saibam evoluir ;)..os marasmos serão sempre marasmos pensando-se algo de extraordinário ;)

quem quer que te tenha raptado...escolheu um especimen com "poderes" desconhecidos lol

hug

Kraak/Peixinho disse...

Nada disso :S Nós temos todos uma capacidade de encaixe e adaptação dignas de um qualquer extraterrestre :P Die? Só se for preciso :S

Hugzz agitados

Tongzhi disse...

Adaptas-te sim! Uns tempos e estás "fino" de novo
he he

Nic disse...

esse estado d'alma e' normal. e' o teu corpo a tentar adaptar-se 'a lacuna que vai desde o momento que partiste ate' ao momento do regresso.
A lacuna e' agravada pela imagem congelada que tu guardaste, a qual nao corresponde 'a actual, pois essa sofreu uma evolucao que tu nao acompanaste.
Depois ha' a fantasia que se cria quando se esta' longe, que o que se la' deixou era so bem bom.
Depois ha' a mudanca em nos mesmos, por exposicao a outros meios.
tudo isto cria tempestade interior em qualquer regresso.
basta ter consciencia de que sera' sempre assim, cada vez que nos deslocarmos a outro sitio e depois regressamos 'a base.

Como o Tong diz, o tempo e' a unica cura para o desconforto do presente, logo logo dar-se-a a calibracao, mas aviso-te que o ajuste nunca sera' total.
partir, marca!

:)

Nic disse...

so mais uma:
quando se parte por muito tempo, cria-se o arisco de ficar num limbo.
mesmo que se regresse aos dois lados alternadamente e mesmo que se seja feliz em ambos os lados, nunca ninguem podera' compartilhar a 100% o teu limbo!
aceitar este facto, e' uma ajuda enorme para combater tempestades interiores destas em que te encontras.
nao te esquecas, ha' o lado de ca', o lado de la' e o nosso limbo. e' aconcelhavel tomar consciencia da existencia desse trio e saber caminhar nele, pois fara' para sempre parte de ti!

:)

Lampejo disse...

De volta a terra...
Apetece dizer "malditos ET"...lol
;)

gaZpar disse...

inixion: sou evolutivo sim, mas não ovulado. mas essa fica para um post do passado. ;) eh eh
De facto de certo ainda vou descobrir alguns poderes. Espero é não cair no lado negro da força. Ok... não estou a fazer sentido hoje (para variar...). ;)

kraak: eu sou muito "encaxadeiro". acredita. mas às vezes trasborda da caixa e vem cá para fora. agitamentos para ti também.

tongzhi: fino? não creio. se me vires ao vivo verás que pelo contrário até estou cada vez menos fino. ;)

nic: não tenho palavras. excelente descrição. só mesmo uma pessoa como tu que já teve essa experiência poderia descrevê-lo tão bem!
nic outra vez: de facto esse limbo é complicado e estará sempre lá. felizmente há outras pessoas nesse limbo com quem o posso partilhar. ;) obrigado!

lampejo: raios partam esses ETs que deviam ter-me mantido lá mais tempo... é isso que queres dizer? eh eh. Ok. Estás desculpado. Uma parte de mim concorda! :)

Nic disse...

:)