23/08/2005

Um filme muito bom!... mas ao contrário.

A Ilha... Um filme muito bom!... mas ao contrário.

Mau seca seca seca seca seca Mau seca seca seca Mau seca seca seca Mau seca seca Mau seca seca seca Mau Mau seca seca seca Mau Mau seca seca Mau seca Mau seca seca Mau seca seca Mau seca seca seca Mau seca Mau seca Mau seca Mau seca Mau seca seca seca Mau seca Mau seca seca Mau seca seca seca Mau seca seca Mau seca seca Mau seca Mau seca seca seca Mau seca Mau seca seca Mau seca seca seca Mau seca seca seca seca seca Mau seca Mau Mau Mau

Bom... se calhar não é assim tanto...

Uma fala do filme vale a pena ser salientada. Foi qualquer coisa do género (não me lembro das palavras exactas):
- Quem é Deus?
- Bom... Costumas às vezes pedir ou desejar alguma coisa e ter fé de que as coisas se vão realizar?
- Sim.
- Deus é aquele que te ignora.

Ficarei à espera da sequela... A Península! Talvez tenha uma história mais coerente...

6 comentários:

|m@giNe disse...

melhor diálogo do filme, sem dúvida ;-)

o resto é composto por várias cenas de acção interligadas por... mais cenas de acção! :-P mas vê-se bem, não achei assim tanta seca...

gaZpar disse...

Ok... obviamente estou a exagerar... mas de facto foi mal aproveitado. Podiam ter desenvolvido mais a parte da "ingenuidade" dos clones (como na cena do bar ou no exterior com a cobra) e feito menos cenas de acção (tipo a irreal cena da letra a cair do edifício).
Já agora... quando ela foi apanhada, como é que eles não viram a arma? Onde estava escondida? Tenho a minha teoria... eh eh

inixion disse...

xxiiiii gaijo....ist just a "moveee" k heheh e tb não é assim tão mau ;)..na minha singela opinião :)

|m@giNe disse...

não viram a arma porque... não procuraram! ela foi encontrada num parque 'de surpresa' depois de dar gelados a meninos e quando estava a baloiçar-se... achas que tinha ar de quem ia ter uma arma?!

(de qualquer modo a tua teoria talvez estivesse... certa ;-) )

Urso disse...

Muita incoerência (mesmo dentro de tanta ficção)!
Exceptuando a cena de "destruição automobilística" (que disseram ser já repetida de um filme do mesmo realizador), foi uma seca com alguns momentos de pura distracção!

ReznOrange disse...

não vi o filme mas adorei esse pedaço de prosa. só por isos quero ver hehehhe