17/05/2006

Abri as portas e deixai entrar a ignorância - abertura do Campo Pequeno

"Touros e compras em grande" - Abertura da praça de touros do Campo Pequeno. Ver notícia aqui.

Abri as portas e deixai entrar a ignorância. Vestida de trajes caros, cheirando a cosmopolitismo de validade expirada e mascarada de humanidade.

Abri as portas ao sensasionalismo. As obras precisam de ser pagas com sangue televisionado, aplaudido, de um pobre massacrado.
Abri as portas do templo e oremos à crueldade em nome da tradição, pois o passado justifica o presente.
É tradição ser cruel, matar, sacrificar. É a tradição, não somos nós!
A tradição de ser inconsciente e agir de forma inconsistente com os valores que desejariamos ter.


Abri as portas... para fora deste planeta, porque dele não quero fazer parte!

Para mais informações, consultar:
The Rakes - We are all animals (audio)

Calexico - Cruel (video abaixo)

5 comentários:

Mikael disse...

Uma palavra: nojo!
Esta situação mete-me nojo, especialmente quando não se fala de outra coisa, quando é noticia à tarde à noite e no dia seguinte, quando se fazem programas especiais dedicados à barbarie.
Nojo...

gaZpar disse...

Estou contigo. ;)

Kraak/Peixinho disse...

Ridículo! Ainda por cima lido com o espectáculo todos os dias úteis pq trabalho praticamente ao lado desta nova catedral maquiavélica. É incrível como em pleno século XXI ainda se permite que tais espectáculos ocorram.

Hugzz bárbaros

Lampejo disse...

A crueldade do ser humano...
numa das suas formas...
Abraço

gaZpar disse...

kraak/peixinho: sinceramente prefiro o "espectáculo" que tem havido fora do recinto, do que aquele que vão ter lá dentro. ;)

lampejo: sim. há tantas formas mais infelizmente...

Hugzzzz & abraços!