21/05/2006

O meu poema simples VI: O meu peidinho

Este peidinho que sai do meu rabinho. Hmmmm... que quentinho.
Deixa cheirinho em estado concentradinho.
É timido pois é. Ninguém o vê, coitadinho!
Mas todos o sentem... ao cheirinho!

Para mais informações, consultar os planos dos militares americanos para construir uma bomba elicitadora de flatulências várias denominada
"Who?Me?" clicando aqui.

4 comentários:

Kraak/Peixinho disse...

What?

gaZpar disse...

Perdao. foi mais forte que eu... como uma flatulencia, este poema saiu sem pedir autorizacao. eh eh
abracos

big Z disse...

lololol xiiii que cheiro :P

gaZpar disse...

:D