03/05/2006

Guerras desenhadas

Antes procurávamos conforto no irreal. Dáva-nos segurança, fazia-nos sonhar e viajar. Agora é a vida que nos parece irreal, surreal até.
O inacreditável, impossível, inimaginável parece mais banal.
Nada me surpreende. Nada me espanta. Nada se cria, tudo se destroi. Nada se transforma.

Agora os montros vão ao cinema ver os humanos.
A banda desanhada torna-se mais real e a vida já nos parece ficção.
Onde estão os heróis de outros tempos? Aqueles valentes, honrados, clementes?
Onde está a época de ouro ou de fina prata?
Onde está o sonho de antes, a fantasia do passado?
Quero ser criança outra vez e navegar por mundos impossíveis, fantásticos.
Mas não posso. Obrigam-me a ser adulto, a viver no assustador.
A fantasia essa, já se tornou real. E já não nos permite sonhar!

Porque sonhar já não é possível como antes, a não perder a real ficção:

Marvel - Civil War: Herói contra herói no universo Marvel. Prelúdios aqui:

Photobucket - Video and Image Hosting

X-men - Civil War: o maior inimigo dos x-men toma forma no interior dos próprios x-men. Brevemente!

Photobucket - Video and Image Hosting

E se isto já não é suficiente, espantemo-nos com outras realidades:

Frank Miller - Batman: Holy Terror, uma nova graphic novel do cavaleiro das trevas contra a Al-Qaeda. Brevemente!

13 comentários:

gaZpar disse...

Ok ok. Admito que sou um comic book nerd! eh eh

inixion disse...

hum....fico intrigado...como seria com o Silver Surfer?

gaZpar disse...

Ele também anda noutras guerras numa saga chamada Anihilation. Mas essa é uma guerra de uma escala mais "cósmica". ;)

adamantium disse...

Confesso que tenho andado meio desligado do universo Marvel e dos comic books companheiros desta vida companheira, palhaça... a vida, camarada Gazpaio, é como uma... (ok, perdi-me).
Subscrevo na totalidade o que disseste, mas não esqueço que o sonho ainda comanda a vida (ver "Pedra Filosofal" de António Gedeão).
Volta Wolverine, deixa-me entranhar-me uma vez mais nos teus ossos.
Abracinhos, Gazpar.

P.S. Vem aí o último filme da saga X-Men no cinema, sei que não substitui de forma alguma o bom comic book e que apresenta algumas deturpações na história das personagens, mas ainda assim talvez valha a pena e penso que a essência do universo mutante vai estando por lá. Long live the Phoenix http://www.x-menthelaststand.com

gaZpar disse...

Adamantium: verdade. cabe a nós sonhar, já que a banda desenhada já perdeu um pouco essa função.
Quanto ao filme... confesso que já me entusiasmou mais. Os filmes são baseados mais na saga Ultimate X-men da Marvel que é uma (diria má) reformulação da origem deles para as novas gerações. O problema é que nós já não somos dessas gerações e há coisas que simplesmente não fazem sentido. Mas isso sou eu que sou saudosista... por vezes.
Como dizes, a essência ainda anda por lá.
abraços!

Lampejo disse...

A virtual realidade dos heróis sempre se pautava por alguma dose de justiça e "moralidade"...
BFS, abraço.

Mikael disse...

Sou completamente viciado em comics (ou gibis como apareciam nos meus primeiros livros ainda escritos em português do brasil). Marvel, DC e mais uma série de outras editoras... Mas confesso que os X-Men sempre foram os meus preferidos. E esta promete ser uma grande história!

Abraço

gaZpar disse...

lampejo: verdade. por onde andarão esses?

mikael: já somos dois. também sou "velhote" o suficiente para ter lido os "gibis". Tenho caixas deles.
De facto os X-men sempre foram os favoritos. E o Wolverine.
Gostei especialmente da saga New X-men do Grant Morrison. (esta é só para os nerds...)

Abraços aos dois!

Mikael disse...

Estás-me a chamar nerd? lol
Parece que me descobriram a careca. :P

gonn1000 disse...

"Civi War" promete, pena que tenha começado com a morte dos Novos Guerreiros :(

gaZpar disse...

mikael: estou. a ti e a mim. ;o)

gonn1000: penso que foram só alguns que morreram. Mas de facto começa por aí... ;)

Luísa disse...

Aqui a rapariga é fã do calvin e da mafaldinha... : )

Serve? : ))

Um grande beijo

gaZpar disse...

Claro que serve. São duas das minhas personagens favoritas.
A Mafalda durante a minha infância e o Calvin na adolescência. ;)
Beijos