21/05/2006

O meu poema simples VII: Abichanada

Ó pra mim passando de homem a estado de gaja abigodada, barbada, de voz engrossada.
Alguém me chamou des-hormonada, mas eu queria era ser ovulada. Ali, escarrapachada em trabalho de parto conducente à filharada.
Estou tão desapontada. Queria ser da mulherada... e acabei por sair abichanada!

Para mais informações, ver a mesma notícia do post anterior e consultar os planos dos militares americanos para construir uma bomba elicitadora de comportamentos homosexuais denominada "Love bomb" clicando aqui.

7 comentários:

Lampejo disse...

E talvez com isso, um melhor ser...

Clark disse...

Qual Sex Bomb, qual Tom Jones... uma Love Bomb é muito mais poderooooosa!

gaZpar disse...

Ja estou a imaginar a bomba a cair com uma musica de fundo tipo "Love boat". The loooove booomb...

Kraak/Peixinho disse...

Hahaha! Esta é demais! Tb quero fazer poemas assim. LOLLLLL

gaZpar disse...

eh eh. obrigado. a minha funcao na vida e fazer sorrir os outros sempre que possivel. quando nao o consigo, tento indigna-los, como viste pelo outro poema. eh eh eh
abracos

big Z disse...

por que nao sujeitares-te a uma vaginoplastia hehe :P

Abraços

gaZpar disse...

Hey!!! Eu não estava a falar de mim big zz!!! :P

E para concluir, concordo com o lampejo. Quem sabe um melhor ser surja. Desde que se sinta bem por ser aquilo que é. ;)

abraços