21/09/2005

Falando em tudo que complexamente na cabeça vai

Image hosted by Photobucket.com

Sobre o blog e aquilo que escrevo:

Não pretendo mostrar-me como poeta, interessante ou culto... isso seria um insulto.
Mostro apenas pedaços de mim, sem desses pedaços querer fazer um acontecimento. Nem tento!
Considero-me um organizador de ideias e emoções, em momentos.
Um arquivador e divulga
dor de palavras com diferentes entendimentos, significados... por vezes mal amados quando analisados.
Um bibliotecário, guardador de diários pessoais sob a forma sentida, honesta e compartida.
Um tradutor da insanidade do dia e às vezes da demasiada calma da noite, que se escapa sob esta forma sã e adaptada... mas também por vezes alterada.

Um guardador de pensamentos e sonhos, da imaginação e do que é criativo, que permito a olhares curiosos ver um pouquito... pois nisto sou egoísta. Muitas vezes guardo apenas para mim e para os meus botões, quando os tenho para algo partilhar.
Acima de tudo, gosto de falar naquilo que complexamente na cabeça vai e que por vezes grita insuportavelmente para sair.
E sai...

7 comentários:

Catatau disse...

Pelo que leio, saem-te coisas com muita piada. Muito boas mesmo...
Que nunca sintas a cabeça empedernida! Se acaso a sentires, pensa que o teclado é sempre um bom laxante! ;)

gaZpar disse...

Muito bom! Nunca tinha pensado no teclado como um laxante. eh eh ;) Obrigado!

Lampejo disse...

Apesar de não teres essas tidas pretensões, pessoalmente acho interessante o que escreves, além de ter os tais pedaços de ti, assim se vai conhecendo uma pessoa pedaço a pedaço, demonstrar uma agudeza, naquilo que escreves, no jogo de palavras.
Continua...
Eu quando escrevo, deixo sair cá para fora as palavras, sem nada fabricar, saem livres...talvez por isso saiam coisa profundas sentimentalmente, apesar da simplicidade da escrita e das palavras.

Kraak/Peixinho disse...

Hey, cá estou eu de volta à blogosfera :). Este post é muito interessante. Acho que não deves ser demasiado egoísta no sentido de guardar os teus pensamentos e sonhos só para ti. O bonito é partilhar todos estes sentimentos e todas as imaginações, mesmo sendo complexos. Põe tudo isso cá para fora! Carrega em *publish post* muitas vezes!

Hugzzz de regresso

Urso disse...

O que escreves, faz todo o sentido! :)

Tongzhi disse...

"Acima de tudo, gosto de falar naquilo que complexamente na cabeça vai e que por vezes grita insuportavelmente para sair.
E sai..."

Eu acrecentaria,
E AINDA BEM QUE SAI!!!!

Tongzhi disse...

acrecentaria = acrescentaria!!!!